Cinco juízes substitutos tomam posse em solenidade no TRT-15

Solenidade foi realizada no dia 17 de novembro, na sede do Tribunal

Desembargadores em peso no Plenário Ministro Coqueijo Costa, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, na manhã desta quinta-feira, 17 de novembro, durante a solenidade de posse de cinco juízes do trabalho substitutos – Lucas Falasqui Cordeiro, Sandro Matucci, Bruno Furtado Silveira, Camila Tesser Wilhelms e Jorge Batalha Leite. O Presidente do Regional, Desembargador Lorival Ferreira dos Santos, que conduziu a cerimônia, integrou a mesa alta, formada também pelo Juiz Luís Rodrigo Fernandes Braga, Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região - AMATRA XV, pelo Procurador-Chefe em Exercício do Ministério Público do Trabalho em Campinas, Claude Henri Appy, e pelo Presidente da Subseção Campinas da Ordem dos Advogados do Brasil, Daniel Blikstein. Prestigiaram ainda a cerimônia de posse o Desembargador aposentado e Presidente do Regional no biênio 2010-2012, Renato Buratto, o Desembargador do TRT da 2ª Região, SP, Armando Augusto Pinheiro Pires, o Juiz do Trabalho Adriano Santos Wilhelms, da 4ª Região (RS), o Procurador Regional do Trabalho Fábio Messias Vieira e o Pastor Aguiar Valvassoura.





Após a execução do Hino Nacional e da apresentação do vídeo institucional comemorativo dos 30 anos do TRT, os cinco empossandos fizeram o juramento e assinaram o termo de posse. O Juiz Lucas Falasqui Cordeiro, o candidato mais bem colocado do grupo no concurso, discursou na tribuna. O jovem magistrado não escondeu a alegria nem o alívio de poder afirmar: "Enfim, empossados". Aos colegas, falou dos "momentos de dúvida, tristeza e apreensão, que só os candidatos de um concurso para juiz compartilham e sabem reconhecer", e pediu a eles, agora juízes, "o comprometimento necessário para trazer a Justiça mais perto dos brasileiros que necessitam". Aos membros da Corte, prometeu "o empenho de continuar escrevendo a história do Tribunal da 15ª" e afirmou que, num país carente como o Brasil, "os juízes são referência de conduta". Por isso, pediu ao colegas que "não percam a oportunidade de cumprir o seu papel". O Juiz agradeceu ainda o apoio dos "anjos" que acompanharam a jornada de cada um dos candidatos, "anjos" esses que, no caso de Lucas, foram o avô e a mãe.





O Presidente da OAB Campinas, Daniel Blikstein, também usou a tribuna, para parabenizar os novos magistrados, e lembrou que a eles, como "referência na sociedade", cabe "a árdua tarefa de mudar a vida e o destino das pessoas com apenas uma palavra, uma sentença".





O Procurador Claude Henri Appy falou do "momento de alegria pela ampliação do quadro de magistrados da 15ª, principalmente num período de tantas dificuldades a ser enfrentadas para a valorização da Justiça do Trabalho".





O Juiz Luís Rodrigo Braga recebeu os novos colegas como "irmãos de uma mesma família da 15ª" e afirmou que "entende as angústias e incertezas que acompanham os candidatos aprovados no concurso para ingresso na Magistratura, até a posse e o início da carreira". Braga traçou um paralelo entre os dias difíceis de hoje para a Justiça do Trabalho, "em que se tenta ‘asfixiar' a prestação jurisdicional com cortes nos orçamentos dos tribunais", e o ano em que ele mesmo tomou posse, 1998, "quando se questionava a própria sobrevivência da Justiça do Trabalho". O Presidente da AMATRA XV aproveitou para agradecer ao Presidente Lorival pelo empenho na Presidência do Colégio de Presidentes e Corregedores da Justiça do Trabalho - COLEPRECOR"nesse ano de crise".





O Presidente Lorival lembrou que a posse de novos juízes, no ano em que o Tribunal comemora os seus 30 anos, representa "um simbolismo especial". "Num momento de crise econômica, mas também política e ética, em que a Justiça do Trabalho sofre com a falta de juízes e servidores, há que se ter mais empenho na prestação jurisdicional, mirando a Constituição", afirmou o desembargador, conclamando, aos novos colegas, que sejam "comprometidos com o trabalho, com humildade".



Os novos cinco





Lucas Falasqui Cordeiro é campineiro. Formou-se em direito na Pontificía Universidade Católica de Campinas - PUC-Campinas em 2010. Filho de advogado e neto do Desembargador Orlando Cordeiro, do Tribunal de Justiça de São Paulo, Lucas sempre esteve próximo ao TRT-15. Estagiou na Vara do Trabalho de Hortolândia, foi assessor do Procurador Fábio Messias Vieira no Ministério Público do Trabalho e advogou por quatro anos, até tomar posse como Juiz do trabalho, o que, segundo ele, "foi a realização de um sonho antigo", seu e de seu pai, falecido há onze anos, quando Lucas iniciou o curso de direito.

Sandro Matucci nasceu em Sorocaba, onde se formou na Faculdade de Direito de Sorocaba - FADI em 1995. Em 2005, começou a advogar na Justiça Trabalhista.

Bruno Furtado Silveira é mineiro de João Pinheiro. Formou-se em direito pela Universidade Federal de Uberlândia, em 2003. Entre os anos de 2004 e 2015, trabalhou como Analista judiciário no Tribunal Superior do Trabalho (TST), onde foi assessor do Ministro Carlos Alberto Reis de Paula. Nos últimos meses, atuava como Defensor Público Federal no Paraná. A posse na 15ª representa para o magistrado "uma conquista e uma honra, por integrar um tribunal tão expressivo, mas também uma alegria, devido à proximidade maior da família".

Camila Tesser Wilhelms é gaúcha de Porto Alegre, mas foi criada desde pequena na cidade serrana de Farroupilha. Formada pela PUC do Rio Grande do Sul em 2005, a jovem magistrada chegou a advogar por mais de 10 anos. Ela afirmou que está "encantada com a cidade de Campinas, por ser acolhedora e proporcionar uma excelente qualidade de vida". Segundo a juíza, "a alegria se completa por integrar um tribunal atuante e com tantos expoentes no Poder Judiciário".

Jorge Batalha Leite nasceu em São Paulo, capital, mas cresceu em Sergipe. Formado em direito pela Universidade Federal daquele estado, o Magistrado foi Analista judiciário, de 2009 a 2016, no TRT-2. Ele afirmou que "está feliz por tomar posse num dos melhores tribunais do país, comprometido e preocupado com os jurisdicionados e, também, com seus servidores".

Notícia originalmente publicada no site do TRT-15, por Ademar Lopes Junior

Fotos: Denis Simas




Publicado: 18/11/2016



MAPA DO SITE

AMATRA XV Transparência Informações Serviços Publicações
• Sobre
Diretoria Atual
Comissões
   Extraestatutárias

Galeria de Presidentes
• Magistrados
Estatuto
ESMAT 15 –
   Escola Associativa

• TJC –Trabalho, Justiça
   e Cidadania
Radar da Cidadania

• Atas
    •
    •
    •
    •





Calendário Institucional

Eventos

Notícias
• Associados
    •
    •
    •
• Arquivos de Decisões
    •
    •

Links Jurídicos
• Listas de Discussões
    •
    •


Webmail
Artigos Científicos
Jornal

Obras de Associados
Revista
TV AMATRA XV


Copyright © 1998~2018 • AMATRA 15 - Todos os direitos reservados
Rua Riachuelo, 473 conjs. 21 e 22 (Bosque) - CEP: 13015-320 - Campinas (SP) - Brasil
Fone: (19) 3251-9036 - E-mail: falecom@amatra15.org.br

Desenvolvido por