Juízes Alexandre Silva de Lorenzi Dinon e Priscila Gil de Souza Murad Tomam Posse no TRT-15

Cerimônia conduzida pela Desembargadora Helena Rosa Mônaco da Silva Lins Coelho

Tomaram posse na manhã do dia 16 de julho no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, os juízes substitutos Alexandre Silva de Lorenzi Dinon e Priscila Gil de Souza Murad. A cerimônia, realizada no Gabinete da Presidência, foi conduzida pela vice-presidente administrativo, Desembargadora Helena Rosa Mônaco da Silva Lins Coelho, representando o Presidente do Tribunal, Desembargador Fernando da Silva Borges. A solenidade reuniu desembargadores, juízes, além de amigos e familiares dos empossados.

Dentre os Desembargadores que participaram do evento, estavam Susana Graciela Santiso, Vice-Corregedora da 15ª, Eduardo Benedito de Oliveira Zanella, Lorival Ferreira dos Santos, presidente do Regional no biênio 2014-2016, Francisco Alberto da Motta Peixoto Giordani, Helcio Dantas Lobo Junior, e Maria Inês Corrêa de Cerqueira César Targa. Estiveram presentes também: o Juiz Marcus Menezes Barberino Mendes, Vice-Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região - AMATRA XV, e os Juízes Auxiliares da Presidência, Levi Rosa Tomé, da Vice-Presidência Administrativa, Mauro César Luna Rossi, da Vice-Presidência Judicial, Renato Henry Sant'Anna e da Corregedoria Regional, Lúcia Zimmermann. Prestigiaram também a posse o Secretário-Geral da Presidência, Evandro Luiz Michelon, o Secretário-Geral Judiciário, Paulo Eduardo de Almeida e a Diretora-Geral Substituta Adriana Martorano Amaral Corsetti.

A Desembargadora Helena Rosa cumprimentou os presentes, deu as boas-vindas e desejou boa sorte aos empossados. Em seu discurso, a magistrada ressaltou a importância de os dois novos juízes virem para a 15ª com o propósito de permanecerem, o que, para ela, torna a prestação de serviço "mais eficiente e mais feliz". Ela também reforçou a importância da humildade e do comprometimento com a missão "sagrada" de julgar. "Estamos aqui para servir, esse é o nosso objetivo maior".

Em seguida, o Vice-Presidente da AMATRA XV, Juiz Marcus Barberino, saudou os magistrados e expressou seu desejo de que eles se sintam "parte do TRT-15" e honrados pelo objetivo comum de servir. Ele citou também o caso Shell/Basf, inovador na Justiça do Trabalho da 15ª, e que trouxe benefícios para mais de mil pessoas envolvidas no processo, para ilustrar o histórico do trabalho feito pelo Tribunal, reconhecido como uma Corte de magistrados cumpridores de seu dever e que "participam de uma unidade, ainda que na diversidade".

Oriundo do TRT-2 (SP), o Juiz Alexandre Silva de Lorenzi Dinon tomou posse como juiz do trabalho substituto, em virtude de permuta com a Juíza Rebeca Sabioni Stopatto. O magistrado, que deverá inicialmente trabalhar na circunscrição de Sorocaba, revelou que a vinda ao TRT-15 é uma "mistura de sentimentos, como alegria, felicidade, satisfação e ansiedade". Quanto ao seu trabalho como juiz, ele reconheceu que "não é só papel ou palavras, mas a vida de um trabalhador esperando uma resposta da justiça".

A Juíza Priscila Gil de Souza Murad, do TRT-24 (MS), também tomou posse como juíza do trabalho substituta por permuta com a Juíza Juliana Martins Barbosa. Em suas palavras, a magistrada, muito emocionada, afirmou que ama ser juíza do trabalho e não escondeu sua felicidade em integrar o TRT-15. Ela contou que foram quase três anos de espera para viver esse momento que, segundo ela, é uma "volta para casa", uma vez que seu marido, Juiz federal em Araçatuba, já mora naquela cidade.

Formado em direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2003 e pós-graduado em Direito Processual do Trabalho pela Universidade Anhanguera (Uniderp) em 2009, o Juiz Alexandre Dinon atuou como servidor técnico por oito anos no TRT-12 (SC) e, a partir de 2014, como juiz do trabalho substituto no TRT-2 (SP). Ele contou que o motivo da sua vinda para a 15ª foi a procura de melhor "qualidade de vida para a família".

Formada pelo Centro Universitário de Maringá (UniCesumar) em 2010, a Juíza Priscila Murad atuou como servidora nos TRT-12 (SC), TRT-4 (RS), TRT-9 (PR) até tomar posse como juíza do trabalho substituta em 2015, no TRT-24 (MS). Ela contou que também trabalhou no Banco do Brasil, como estagiária, e que foi lá que surgiu seu interesse pelo direito do trabalho.

*Notícia originalmente publicada no site do TRT-15 por Sarah Barros, Fotos de Julia Pereira




Publicado: 17/07/2018




MAPA DO SITE

AMATRA XV Transparência Informações Serviços Publicações
• Sobre
Diretoria Atual
Comissões
   Extraestatutárias

Galeria de Presidentes
• Magistrados
Estatuto
ESMAT 15 –
   Escola Associativa

• TJC –Trabalho, Justiça
   e Cidadania
Radar da Cidadania

• Atas
    •
    •
    •
    •





Calendário Institucional

Eventos

Notícias
• Associados
    •
    •
    •
• Arquivos de Decisões
    •
    •

Links Jurídicos
• Listas de Discussões
    •
    •


Webmail
Artigos Científicos
Jornal

Obras de Associados
Revista
TV AMATRA XV


Copyright © 1998~2018 • AMATRA 15 - Todos os direitos reservados
Rua Riachuelo, 473 conjs. 21 e 22 (Bosque) - CEP: 13015-320 - Campinas (SP) - Brasil
Fone: (19) 3251-9036 - E-mail: falecom@amatra15.org.br

Desenvolvido por